top of page

Maranhão é o segundo estado com maior taxa de detecção de hanseníase.


Doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium Leprae, também conhecida como bacilo de Hansen, a hanseníase é uma doença é uma doença que acomete principalmente a pele e os nervos, geralmente deixando manchas aparentes.


De acordo com o Ministério da Saúde, entre janeiro e novembro de 2023, o Brasil diagnosticou mais de 19 mil novos casos da doença, número superior ao registrado no mesmo período de 2022. O estado do Mato Grosso lidera o ranking com maior taxa de detecção da hanseníase com 3.927 casos, seguido do Maranhão, com 2.086, que mesmo com cerca de 8% a menos de notificações, permanece entre os estados com maior registro.


Graças ao avanço da ciência, atualmente a hanseníase tem cura. A médica e professora do curso de Medicina da Faculdade Pitágoras Codó, Otávia Bezerra, destaca que é importante conhecer sobre a doença para identificar possíveis sintomas e formas de prevenção.


VEJA NA FOLHA


  • Coronel Castro participa de solenidade com o governador Carlos Brandão. AQUI

  • Dico da Farmácia incomoda os Martins ao participar de evento do governador Carlos Brandão. AQUI

0 comentário

Comments


bottom of page