top of page

EXCLUSIVO: Prefeitura de Bequimão gasta mais de 120 mil reais com equipe de arbitragem em campeonato amador.



A equipe de arbitragem chegou a receber R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais) por partida.

A pequena cidade de Bequimão é mais uma daquelas cidades Maranhense que não tem time de grande expressão, muito menos competições profissionais, mas conforme publicado no dia 26/10/2022, no portal da transparência do município, a prefeitura de Bequimão na gestão de João Martins licitou mais de 300 mil reais na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO Nº 008/2022, do tipo "MENOR PREÇO GLOBAL", para a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de organização de eventos esportivos a serem realizados pela prefeitura.

O que chama a atenção, e até hoje é comentado pelos Bequimõenses, foi o valor pago aos árbitros das partidas. Segundo consta nesse edital Nº 008/2022, foram gastos com os árbitros e seus assistentes mais de 123 mil reais.


O edital ainda relata que compõem a equipe de arbitragem para a competição de futebol, 01 árbitro e 02 assistentes, e que por essa equipe foi pago R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais) por partida. A Competição foi composta por 04 equipes de arbitragem que juntas receberam R$ 5.600,00 ( cinco mil e seiscentos reais) por partida e o campeonato teve 22 rodadas totalizando R$ 123.200,00 ( cento e vinte três mil e duzentos reais) pagos aos profissionais de arbitragem.

A Folha disponibilizou o edital completo para você ter acesso.


EDITAL_PE_008_EVENTOS_ESPORTIVOS
.pdf
Fazer download de PDF • 1.85MB

SERÁ que o prefeito João Martins passou a gostar dos eventos públicos, que trazem entretenimento para a população, e valorizar seus profissionais?


Este blog fez um levantamento para saber quanto ganha uma equipe de arbitragem em competições profissionais estaduais e verificou que, mesmo sendo uma competição amadora, Bequimão pagou para seu trio de arbitragem valores muito alto em relação a muitos campeonatos estaduais a nível profissional. Tudo muito Suspeito.

No mesmo ano de 2022, no qual aconteceu o campeonato de Bequimão organizado pela prefeitura, a Federação matogrossense realizou o campeonato Estadual do Mato Grosso, pagando a um árbitro tipo C R$ 457,00 (quatrocentos e cinquenta e sete reais) e por assistente R$ 229,00( duzentos e vinte e nove reais), ou seja, por partida a Federação pagou para a equipe de arbitragem R$ 915,00 (Novecentos e quinze reais).

Em um ano antes, 2021, aconteceu no estado de Alagoas a Copa Alagoas , o trio de arbitragem padrão CBF, recebeu R$ 900,00 (novecentos reais) por partida na primeira fase do campeonato.

A pergunta que não quer calar:

O que será que realmente aconteceu no campeonato de Bequimão? A equipe de arbitragem recebeu mesmo esse valor? Ou foi superfaturamento?



Acompanhe aqui alista de quanto ganha os árbitros nos campeonatos estaduais.

VEJA NA FOLHA


Gaeco realiza operações em cidades do maranhão. FOLHA

Maranhão é o segundo estado com maior numero de hanseníases. FOLHA

Programa pé de meia para estudantes. FOLHA

0 comentário

Коментарі


bottom of page