top of page

Bolsonaro pediu Pix para pagar multa, recebeu 17 milhões e não pagou divida.


Um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão de combate à lavagem de dinheiro, identificou que o ex-presidente Jair Bolsonaro recebeu cerca de R$ 17 milhões via pix, mas não pagou suas cinco multas com o Estado de São Paulo - que já somam mais de R$ 1 milhão. Segundo o documento, o político aplicou o montante em investimentos de renda fixa.


De acordo com o @Estadao, os valores recebidos por Bolsonaro "referem-se provavelmente à campanha de arrecadação feita por aliados para pagar multas recebidas durante o seu governo" - como a de circular sem máscara durante a pandemia de Covid-19.


Em junho, o Tribunal de Justiça determinou o bloqueio de R$ 164 mil nas contas de Bolsonaro por causa do não pagamento das quantias. O relatório apontou que os R$ 17,1 milhões foram arrecadados por meio de 769 mil transações feitas para a conta do ex-presidente, de janeiro a julho deste ano.


Em evento do PL Mulher em Santa Catarina, neste sábado (29/7), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) agradeceu a as doações e disse que “dá para pagar todas as minhas contas e ainda sobra dinheiro para a gente tomar um caldo de cana e comer um pastel com a dona Michelle.”


Por Estadão

0 comentário

Comentarios


bottom of page